O diretor da Hannover Fairs México garantiu que o setor madeireiro recuperou sua atratividade para os negócios e a compra de maquinário avançado está prevista para os próximos anos.

“Durante os últimos dois anos pudemos testemunhar todas as oportunidades que podem surgir da rápida adaptação tecnológica, da aposta na criatividade, da criação de cadeias de valor locais resilientes.” 

Fruto da pandemia de Covid-19, a indústria do mobiliário e da madeira recuperou a sua atratividade para investimentos e negócios internacionais, razão pela qual já se prevê o desembolso de capital de 6.000 milhões de dólares a nível mundial para a aquisição de maquinaria avançada nos próximos anos, em que o México representa um importante ator na revolução industrial, disse Bernd Rohde, diretor da Hannover Fairs Mexico (uma feira que busca aumentar a competitividade com transferência de tecnologia e conhecimento).

Fruto da guerra comercial com a China e do confinamento devido à pandemia, os Estados Unidos reforçaram a sua relação com o México para o colocar como fornecedor local na América do Norte em mobiliário e madeira, principalmente para escritórios domésticos, daí o aumento de 22 % é estimado nas vendas do setor no final de 2022, comentou o representante da Feira que promove a indústria 4.0.

“Nos últimos dois anos assistimos a todas as oportunidades que podem surgir da rápida adaptação tecnológica, apostando na criatividade, criando cadeias de valor locais resilientes e, sobretudo, transformando a adversidade numa oportunidade para aumentar a competitividade”, assegurou Rohde na inauguração da MEM Industrial 2022, um evento para a indústria de transformação de madeira e móveis, da floresta às máquinas e fornecedores.

Por sua vez, Alberto Vázquez, da Associação Mexicana de Fornecedores da Indústria da Madeira e Mobiliário (AMPIMM), sustentou que o crescimento do setor no final do ano passado foi de dois dígitos, mas não só, já que a indústria moveleira no México tem uma grande oportunidade de exportar mais produtos para os Estados Unidos e Canadá.

“Dentro da pandemia houve um período em que foram enfrentados problemas nas cadeias logísticas, e um dos afetados foi essa indústria da base da cadeia, que é a madeira. O México estava importando madeira que, por restrições sanitárias, não podia mais ser importada e é aí que temos uma grande oportunidade, as madeiras finas mexicanas são apreciadas e é aí que está essa oportunidade, assim como as mais tradicionais, como o pinheiro. ”

“Por isso, as comunidades são ajudadas a certificar a qualidade de sua madeira, dando lugar às exigências de exportação”, disse Azúl Ogazón, diretor da MEM Industrial.

Enquanto designers e talentos mexicanos estão se concentrando em soluções de móveis flexíveis em casa e materiais sustentáveis, essas são as grandes oportunidades, tendo acesso a diferentes tipos de materiais e novas ferramentas de tecnologia avançada.

“O México evoluiu muito na aquisição de maquinário avançado, quando chegamos em 2008 havia muito poucos fabricantes, e eles aumentaram, é um mercado que cresceu e mostra isso nos últimos dois anos da pandemia quando houve estagnação, agora houve um crescimento de 17% na venda de máquinas para a indústria da madeira, ao contrário de outros setores. Esperamos que este seja um ano melhor de comercialização”, Norbert Schweitzer, diretor comercial da Felder (empresa austríaca).

No entanto, ele reconheceu que a guerra entre a Ucrânia e a Rússia atrasará o fornecimento de peças elétricas e outras peças usadas por máquinas, incluindo chips, como atualmente é o caso da indústria automotiva. “Poderíamos ir até 3 a 5 meses nas entregas de máquinas, mas estamos planejando no futuro, e atualmente estou entregando máquinas para janeiro de 2023, e entre 150 máquinas chegam mensalmente”, acrescentou.

Na perspetiva da UNIDO, o setor do mobiliário sempre representou uma grande oportunidade para os países e as suas empresas participarem nas cadeias globais de valor, destacou Cristiano Pasini, diretor regional da organização, que referiu que a aliança entre o público e o privado é um dos pré-requisitos.

Fonte: eleconomista.mx

+55 67 99227-8719
contato@maisfloresta.com.br

Copyright 2021 Mais Floresta ©  Todos os direitos Reservados