Localizada em Inhambupe, a estrutura recebeu investimento de R$ 15 milhões para aprimorar a atividade em 2020. Desde então, vem batendo recordes

Uma nova marca histórica foi alcançada pelo Viveiro Salgado, pertencente à Bracell na Bahia, em abril deste ano: o aproveitamento de 82% na produção de mudas de eucalipto. O recorde, que supera a média do setor (de cerca de 70%), foi atingido sete meses depois de o mesmo local ter batido a margem de aproveitamento de 79%, em outubro de 2021. Reinaugurado em 2020, o viveiro, em Inhambupe, recebeu investimentos na ordem de R$ 15 milhões, o que resultou no aprimoramento contínuo do time no processo de melhoria de manejo e a sinergia com outras áreas, como a Silvicultura e o Setor Técnico (Setec).

O novo índice foi atingido em abril para as mudas produzidas a partir de janeiro, uma vez que o fluxo de produção varia de 90 a 120 dias. “Isso significa que as mudas produzidas na unidade apresentaram as características ideais para cultivo e, portanto, foram levadas ao campo para plantio. A média de mercado, em outros viveiros de referência no Brasil, é de 70% de aproveitamento”, pontua Altair Negrello Júnior, gerente sênior Florestal da Bracell. As mudas geradas em solo baiano foram destinadas aos plantios da empresa na Bahia, em São Paulo e no Mato Grosso do Sul. “Estamos levando nossa expertise para além do estado da Bahia”, completa.

Antes de uma primeira reforma na estrutura, concluída em 2016, o aproveitamento final era de 45%. “Desde então, fizemos diversas melhorias e hoje temos um aproveitamento final médio de 77%, sendo que atingimos em um mês a marca de 82%”, explica Maurício Prieto, gerente de Viveiros.

“Aumentamos também a produção que, inicialmente, era de 6 milhões de mudas ao ano, e chegamos a 13 milhões. A expectativa é chegar a 15 milhões em 2023”, antecipa. Ainda segundo Prieto, a forte interação das equipes do Viveiro e de Pesquisa e Desenvolvimento Florestal contribui para o bom desempenho da produção.

No Viveiro Salgado, são produzidos sete clones especialmente destinados ao desenvolvimento de árvores de alto desempenho para a extração de celulose especial. De acordo com ele, 85% deles foram desenvolvidos pela própria equipe da Bracell e 15% adquiridos no mercado. “Apesar do foco principal em nossa própria demanda, estamos atendendo também ao mercado local em prol do desenvolvimento de pequenos produtores da nossa região”, destaca o gerente.

Ele explica que um dos destaques do viveiro é o sistema de irrigação personalizado para as condições do ambiente local. “Com isso, alinhados aos bons rendimentos, devemos reduzir, já neste ano, 20% do consumo de água por muda produzida”, diz.

Prieto informa ainda que, além de interfaces automatizadas, a unidade conta com um sistema de inventário com suporte de aplicativo que fornece informações precisas sobre a qualidade das mudas. “O fato de produzirmos mudas para a Bracell SP faz com que nosso pessoal permaneça trabalhando o ano todo. Com isso, evoluímos em pontos que requerem mais tempo e aperfeiçoamos nossa prática de produção atuando em detalhes antes impossíveis devido ao turnover”, explica. O turnover, no caso, devia-se ao fato de a empresa não plantar na Bahia durante o verão, o que obrigava à redução temporária do quadro de pessoal.

Sobre a Bracell

A empresa, que faz parte do grupo Royal Golden Eagle (RGE), é uma das maiores produtoras de celulose solúvel e celulose especial no mundo, com duas operações principais no Brasil – em Camaçari (BA) e em Lençóis Paulista (SP). As atividades e modelos de gestão adotados pela companhia estão totalmente comprometidos com o uso sustentável dos recursos naturais, com o objetivo de criar valor para a comunidade, o país, o clima, o cliente e a empresa, de forma permanente.

Sobre a RGE 

A RGE Pte Ltd gerencia um grupo de empresas com operações globais de manufatura baseadas em recursos naturais. As atividades vão desde o desenvolvimento e a colheita de recursos sustentáveis, até a criação de diversos produtos com valor agregado para o mercado global. O compromisso do grupo RGE com o desenvolvimento sustentável é a base de suas operações. Todos os esforços estão voltados para o que é bom para a comunidade, bom para o país, bom para o clima, bom para o cliente e bom para a empresa. A RGE foi fundada em 1973 e seus ativos atualmente ultrapassam US$ 25 bilhões. Com mais de 60.000 funcionários, o grupo tem operações na Indonésia, China, Brasil, Espanha e Canadá, e continua expandido para envolver novos mercados e comunidades. www.rgei.com.

Fonte: Bracell

+55 67 99227-8719
contato@maisfloresta.com.br

Copyright 2021 Mais Floresta ©  Todos os direitos Reservados