Os produtos madeireiros representam 90% da produção da silvicultura brasileira, cujas áreas estão concentradas nas Regiões Sul e Sudeste

silvicultura brasileira está em rápida expansão, de acordo com dados divulgados pela pesquisa Produção da Extração Vegetal e da Silvicultura (Pevs 2020), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em 2020, o setor alcançou a marca de R$ 18,9 bilhões em valor de produção, um crescimento de 21% em relação ao ano anterior, o que representa a abertura de novas oportunidades para profissionais da área.

madeira em tora é o principal objetivo das florestas plantadas brasileiras. Todos os produtos madeireiros somados representam 90% da produção da silvicultura do País e o eucalipto tem uma participação de 77% nas áreas florestais cultivadas no Brasil. A produção se destina, principalmente, à produção de papel e celulose, além do carvão vegetal.

A atividade está concentrada nas Regiões Sul e Sudeste. Em 2020, Minas Gerais foi o estado que registrou o maior valor da produção no setor, com R$ 6 bilhões, e foi responsável por quase 90% do carvão vegetal produzido no Brasil. Em segundo lugar, está o Paraná, com R$ 4,6 bilhões, com destaque para a madeira em tora para papel e celulose, que representa 17% da produção nacional.

O que faz um profissional de silvicultura?

Silvicultores são responsáveis pelo manejo e conservação de florestas. (Fonte: Ronstik/Shutterstock)
Silvicultores são responsáveis pelo manejo e conservação de florestas. (Fonte: Ronstik/Shutterstock)

Um profissional de silvicultura está envolvido na ciência de manejo e proteção de florestas. Com o aumento gradual da poluição global ao longo dos anos, garantir o sequestro de carbono, a qualidade do ar e a manutenção de uma biodiversidade adequada estão sob a jurisdição desta profissão.

Os silvicultores estão envolvidos em uma ampla gama de atividades que abrangem a restauração ecológica, a extração de madeira e o manejo diário de áreas protegidas. Eles cuidam das atividades regulares da floresta, incluindo conservação, recreação ao ar livre, extração de matéria-prima, estética e caça.

Leia também:

O que é silvicultura? Conheça o cultivo de florestas no Brasil

Silvicultura: entenda por que a tecnologia é uma ótima aliada

O que é celulose e para que serve?

Os profissionais de silvicultura geralmente se especializam em áreas específicas, como o florestamento madeireiro e a conservação de florestas. Nas empresas madeireiras, os silvicultores cuidam das fazendas e florestas plantadas, sendo responsáveis por monitorar o impacto ecológico da extração de madeira, manter o controle da produção e marcar as árvores para corte.

Nas florestas de conservação, os silvicultores tendem a se concentrar muito mais nos ecossistemas globais e na preservação adequada das bacias hidrográficas, tendo como principais atribuições a realização de pesquisas periódicas de animais e plantas regionais e o acompanhamento da atividade humana nas florestas.

Como é o mercado para os silvicultores?

Produção de madeira em tora representa maior parte das oportunidades de trabalho na silvicultura brasileira. (Fonte: Budimir Jevtic/Shutterstock)
Produção de madeira em tora representa maior parte das oportunidades de trabalho na silvicultura brasileira. (Fonte: Budimir Jevtic/Shutterstock)

Embora exista uma formação tecnológica de nível superior em silvicultura, os cursos disponíveis no Brasil ainda são poucos. Por isso, a maioria dos silvicultores que atuam no mercado podem ter formações relacionadas ao tema, como engenharia florestal, agronomia, agroecologia e até tecnológico em papel e celulose.

O salário inicial é de cerca de R$ 2 mil, mas pode chegar a R$ 10 mil, no caso de profissionais mais experientes e empresas maiores, de acordo com informações do Sistema Nacional do Emprego (Sine).

Além de empresas do setor madeireiro, os silvicultores encontram oportunidades de trabalho em órgãos governamentais, parques e unidades de conservação, universidades, organizações não governamentais (ONGs), empresas de consultoria ambiental e dos setores de mineração, papel e celulose.

Fonte: Canal Agro

+55 67 99227-8719
contato@maisfloresta.com.br

Copyright 2021 Mais Floresta ©  Todos os direitos Reservados