CCEE diz que guerra entre Rússia e Ucrânia gerou restrições no mercado global e provocou
maior interesse pelo insumo brasileiro

Desde o início do conflito entre Rússia e Ucrânia, em fevereiro, a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica — CCEE tem observado aumentos significativos no consumo de energia por empresas brasileiras do setor de madeira, papel e celulose. A guerra no leste europeu reduziu a oferta de insumos básicos no mercado global, o que, consequentemente, levou a uma maior procura pelo produto do Brasil. Colaborou também para o resultado a entrada em operação de um novo grande consumidor livre no segundo semestre de 2021 no estado do Paraná.

No primeiro semestre deste ano, o consumo no segmento foi de 1.572 megawatts médios, avanço de 17,6% em relação ao mesmo período de 2021. A alta foi quase toda puxada pela classe de fabricação de celulose e outras pastas para produção de papel, que mais do que quadruplicou sua demanda no período. Na avaliação regional, os maiores aumentos foram registrados no Paraná (58,8%), seguido por Minas Gerais (6,8%), Bahia (4,4%), São Paulo (4,3%) e Espírito Santo (3,9%).

Os dados fazem parte do acompanhamento periódico da demanda de indústrias e grandes empresas que compram energia elétrica no Ambiente de Contratação Livre — ACL, o chamado mercado livre.

Sobre a CCEE

Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE é responsável por viabilizar e gerenciar a comercialização de energia elétrica no país, garantindo a segurança e o equilíbrio financeiro deste mercado. A CCEE é uma associação civil sem fins lucrativos, mantida pelas empresas que compram e vendem energia no Brasil. O papel da CCEE é fortalecer o ambiente de comercialização de energia – no ambiente regulado, no ambiente livre e no mercado de curto prazo – por meio de regras e mecanismos que promovam relações comerciais sólidas e justas para todos os segmentos do setor (geração, distribuição, comercialização e consumo).

Fonte: CCEE

+55 67 99227-8719
contato@maisfloresta.com.br

Copyright 2021 Mais Floresta ©  Todos os direitos Reservados