O arquiteto japonês Yu Momoeda concluiu uma capela cujo interior compreende um sistema estrutural baseado em geometrias fractais.

Localizado em Nagasaki, uma cidade japonesa na costa noroeste da Ilha de Kyushu, o projeto é cercado por um grande parque nacional e busca corresponder ao seu ambiente natural. “Procuramos conectar perfeitamente a atividade da capela com o ambiente natural”, explica o arquiteto.

Dentro da capela, Yu Momoeda, que dirige o escritório de arquitetos Yu Momoeda , criou uma cúpula suspensa ao empilhar uma série de unidades em forma de árvore.

Projeto

As “árvores” diminuem de escala à medida que sobem / yousuke harigane

Começando com quatro pilares quadrados de 120 milímetros, as “árvores” diminuem de escala à medida que sobem.

A segunda camada é composta por oito unidades de 90 mm, enquanto a camada final contém dezesseis pilares quadrados de 60 mm.

Construído com métodos de construção tradicionais japoneses, o projeto não apenas imita a floresta circundante, mas também garante que mais espaço esteja disponível.

É construído com métodos de construção tradicionais japoneses / yousuke harigane

Do ponto de vista da construção, quatro paredes convencionais suportam a força horizontal, enquanto as árvores podem suportar uma carga de telhado de até 25 toneladas.

“Em Nagasaki, há a capela gótica de madeira mais antiga do Japão, conhecida como ‘ohura-tenshudou”, continua Yu Momoeda. “Esta capela não é apenas um famoso ponto turístico, mas um local querido e cuidado pelos habitantes da cidade. Procurámos conceber o edifício como uma nova capela de estilo gótico, utilizando um sistema de madeira japonês ”, conclui o arquiteto.

Fonte: Madera 21

+55 67 99227-8719
contato@maisfloresta.com.br

Copyright 2021 Mais Floresta ©  Todos os direitos Reservados