Solução será utilizada inicialmente em um projeto de inovação da Cheftime, marca de gastronomia da rede

Irani Papel e Embalagem S.A., uma das principais indústrias de papel e embalagens sustentáveis do Brasil, está desenvolvendo em parceria com a Papirus, uma das maiores fabricantes de papelcartão do mercado brasileiro, uma nova solução sustentável e renovável destinada ao mercado de deliverytake away e fast food: a Vitabox.

A embalagem é composta por papelcartão nos recipientes internos, e papelão ondulado na caixa externa. A solução é 100% reciclável, com os potes tendo sido produzidos com fibras provenientes de base florestal renovável, e a caixa externa desenvolvida com matéria-prima reciclada, oriunda de aparas de papelão ondulado pós-consumo. Além disso, a Vitabox faz parte de uma cadeia de economia circular, já que pode retornar ao processo produtivo para se transformar em novas embalagens.

Para permitir o acondicionamento de produtos frescos, inclusive de congelados, em um mesmo recipiente, e garantir que cheguem totalmente preservados ao consumidor, foi realizado um trabalho de desenvolvimento e inovação com a participação de ambas as empresas. A proposta é oferecer aos clientes uma embalagem prática e personalizada para o transporte de kits gastronômicos, que mantenha a qualidade dos ingredientes e produtos.

O primeiro cliente a utilizar a embalagem será a Cheftime, marca de gastronomia do Pão de Açúcar, que testará a tecnologia em kits gastronômicos para o preparo de receitas criadas por chefs: Bacalhau cremoso gratinado, Hambúrguer de costela com queijo e cebola caramelizada, e Paella valenciana com frutos do mar. Na embalagem, os clientes terão acesso a ingredientes frescos e porcionados e ao passo a passo detalhado para o preparo dos pratos. A nova solução está disponível aos clientes da rede na loja Real Parque, localizada na Avenida Magalhães de Castro, 6.118, em São Paulo, capital.

“Estamos muito satisfeitos com a parceria com a Irani e Papirus para o desenvolvimento das embalagens. Queremos cada vez mais entregar inovações sustentáveis que contribuam para o compartilhamento de conhecimento culinário e que tornem a vida de nossos consumidores mais gostosa e prática”, diz Eduardo Finelli, diretor de Marcas Exclusivas do GPA.

O produto é um marco na história de Irani e Papirus já que, pela primeira vez, duas empresas complementares se uniram para trabalharem juntas em prol de uma solução sustentável e renovável. O desenvolvimento da Vitabox teve início em março de 2020, no início da pandemia, justamente para atender um novo momento da marca Cheftime.

A companhia catarinense é a responsável pela produção da embalagem externa, feita de papelão ondulado, enquanto a Papirus, instalada no município de Limeira, interior de São Paulo, foi a idealizadora da solução e desenvolveu as embalagens internas e primárias, feitas com sua linha de papelcartão Vitacopo®, própria para produção de embalagens delivery de alimentos.

“A Vitabox está alinhada a uma tendência mundial e vai ao encontro do interesse de muitos consumidores que buscam, cada vez mais, produtos sustentáveis no mercado. A solução, que foi trabalhada a muitas mãos, atende essa demanda”, explica Sérgio Ribas, diretor-presidente da Irani, um dos responsáveis pela parceria com a Papirus.

“O desenvolvimento da Vitabox é resultado de um trabalho de colaboração e inovação, que permitirá aos nossos clientes proporcionarem uma experiência diferenciada ao consumidor, com a garantia de qualidade e integridade dos produtos entregues no sistema de delivery”, destaca Amando Varella, co-CEO e diretor Comercial e de marketing da Papirus.

Sobre a Papirus

Fundada pela família de imigrantes italianos Ramenzoni, a Papirus nasceu como uma empresa de chapéus, que passou a produzir embalagens de papelcartão em 1952, para acondicionar seus produtos. A fabricação de papel passou a representar a totalidade dos negócios em 1972. Com seu DNA transformador, tornou-se a primeira recicladora de papelcartão do País. Hoje é uma das maiores fabricantes de papelcartão do mercado brasileiro, produzindo 110 mil toneladas/ano para atender o mercado de embalagens, destacadamente de alimentos, medicamentos e cosméticos. Atende mais 200 clientes no mercado interno, entre gráficas e convertedores, além de 21 países e conta com 390 colaboradores. A Papirus é hoje a única empresa do setor preparada para atestar a sustentabilidade do produto, e, inclusive, o índice de material reciclado utilizado na fabricação da linha Vita, contando, para isso, com equipamentos, processos de controle, auditoria da reciclagem e certificações, que atestam porcentagem de aparas utilizadas em cada produto e a sustentabilidade do processo no manejo florestal.

Sobre a Irani

Fundada em 1941 e controlada desde 1994 pelo Grupo Habitasul, tradicional grupo empresarial da Região Sul do País, a Irani Papel e Embalagem é hoje uma das líderes do setor de embalagens sustentáveis no Brasil. Com a produção integrada às florestas próprias e na economia circular (reciclagem), além da energia autogerada e máquinas e equipamentos constantemente atualizados, a Irani produz papéis para embalagens, chapas e caixas de papelão ondulado, resinas naturais de pinus, breu e terebintina, assegurando o fornecimento de produtos de matéria-prima renovável com alta qualidade e competitividade. A Irani possui 5 unidades produtivas: duas em Vargem Bonita (SC), uma em Santa Luzia (MG), uma em Indaiatuba (SP) e uma em Balneário Pinhal (RS), além de florestas em Santa Catarina e Rio Grande do Sul, e escritórios em Porto Alegre (RS) e Joaçaba (SC), e conta com mais de 2.200 colaboradores.

Fonte: Irani

+55 67 99227-8719
contato@maisfloresta.com.br

Copyright 2021 Mais Floresta ©  Todos os direitos Reservados