Fevereiro é mês de combater a broca-da-erva-mate (Hedypathes betulinus), também conhecida como besouro corintiano, principal praga deste cultivo.Para isso, os produtores podem contar com o Bovemax, um inseticida biológico desenvolvido pela Embrapa Florestas em parceria com a Novozymes. O produto tem, como ingrediente ativo, esporos do fungo Beauveria bassiana, que provoca a morte dos insetos.

Segundo a pesquisadora Susete Chiarello Penteado, da Embrapa Florestas, “o uso do Bovemax é uma medida efetiva no controle da praga e seu uso é fundamental para a sanidade dos ervais e, consequentemente, para equilíbrio econômico de toda a cadeia produtiva”. A pesquisadora destaca ainda que o Bovemax é o único produto com registro junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) para uso na erva-mate.

O produto deve ser aplicado duas vezes por ano: em novembro e fevereiro, e pode ser encontrado em casas agropecuárias. “A Embrapa não realiza a comercialização deste produto, mas a empresa que o fabrica já está abastecendo as casas agropecuárias”, explica Susete.

Para saber mais sobre a broca-da-erva-mate e as formas de controle, acesse o material da Campanha informativa realizada pela Embrapa Florestas e pelo Conselho Gestor da Erva-mate do Alto Iguaçu (Cogemate), em parceria com diversas instituições, no site da Embrapa Florestas.

fonte: Embrapa Florestas

+55 67 99227-8719
contato@maisfloresta.com.br

Copyright 2021 Mais Floresta ©  Todos os direitos Reservados