Volumes embarcados no mesmo período de 2021 são levados em consideração na análise

O ano de 2022 se iniciou com alguns cenários de incertezas. Algumas dificuldades que já estavam impactando os negócios, como a pandemia do novo coronavírus e a crise logística, ganharam o aporte das imprevisibilidades impostas pela guerra da Rússia x Ucrânia. Porém, mesmo com todas as adversidades, alguns segmentos do setor industrial madeireiro, que são representados pela Abimci (Associação Brasileira da Indústria de Madeira Processada Mecanicamente), apresentaram neste primeiro trimestre, comportamento positivo em relação ao volume exportado, quando comparado com o mesmo período do ano passado.

Dentre alguns dos principais produtos madeireiros embarcados, em comparação com os três primeiros meses de 2021, a madeira serrada de pinus apresentou boa evolução de 5% no volume embarcado no período, totalizando 710.736 m³. A madeira perfilada de conífera (molduras) alcançou 8% com 41.608.585 m³ e o compensado de pinus cresceu 13% no volume consolidado de embarques, atingindo 608.829 m³.

“Mesmo diante dos vários desafios enfrentados pelas empresas exportadoras nesses primeiros três meses de 2022, no que tange a dinâmica das questões mercadológicas e de suprimento internacional nos principais mercados, o desempenho das nossas exportações mostrou boa estabilidade e crescimento moderado em alguns mercados, o que mostra a importância do produto brasileiro no mercado mundial”, avalia o superintendente da Abimci, Paulo Pupo.

Para a sequência do ano, o setor industrial madeireiro espera uma melhor fluidez do mercado, mesmo diante de possíveis ressalvas impostas pelo cenário internacional. “É difícil fazer qualquer previsão para os próximos meses, pois as questões de logística permanecem imprevisíveis, assim como os impactos comerciais e de fluxo de mercadorias decorrentes da guerra e também do ambiente interno de negócios devido à corrida eleitoral presidencial no Brasil”, salienta, Paulo Pupo.  

Fonte: ABIMCI

+55 67 99227-8719
contato@maisfloresta.com.br

Copyright 2021 Mais Floresta ©  Todos os direitos Reservados